SÉRIE INVISÍVEIS

Descrição

Desenhos feitos com nanquim sobre papel, onde abordo a vida de personagens no cotidiano das periferias.

Dimensões:

Dimensões, peso, estoque e frete: 
21 × 1 × 16.5 cm
Peso: 
60 g

Deixe aqui a sua mensagem para o artista

Para comentar deverá primeiro Iniciar sessão ou Conectar-se com o Facebook.

R$50,00
10X de R$5.56
Apenas 1 unidade disponível em estoque.

Prazo de entrega

Prazo para postagem: 5 dias
PAC: 5 a 10 dias úteis + prazo de postagem
Sedex: de 1 a 3 dias úteis + prazo de postagem

Dono da loja

Denis Sena SALVADOR, BA
Denis Sena SALVADOR, BA Traçando as retas - A trajetória de um Operário Cultural Autodidata e com muita força de vontade, o baiano Denissena construiu sua história no cenário das artes visuais na Bahia. Seu envolvimento com a arte se deu ainda criança, iniciado no desenho aos sete anos, logo sentiu o chamado e decidiu que era isso que faria da vida. Do momento poético do primeiro traço até o início da trajetória profissional se passaram alguns anos, mas a aproximação com o desenho sempre foi intensa. Pintava e desenhava muito, transformava sucatas, dava novos usos a objetos que ninguém mais queria, e se dedicava com vigor ao ofício que o escolheu. O caminho que trilhou se deve a essa característica: não há ligação com um suporte específico, utiliza tudo que pode para se expressar, qualquer coisa se transforma em arte nas mãos desse artista vigoroso, multimídia e autodidata.. Sua relação com a arte e com a vida é maquínica, não por acaso se autodenomina Operário Cultural, “operar a arte e pela arte”. Este discurso se apresenta não apenas no seu estilo livre e ligado ao improviso, mas também na relação que estabeleceu com o outro. Junto com sua produção artística, ele desenvolve um intenso trabalho social. Político, Denissena inspira jovens a aceitarem o poder da arte em suas vidas, e os capacita especialmente através da arte graffiti, para se tornarem agentes multiplicadores. Dos muitos trabalhos com jovens que realizou, destacam-se o Projeto Grafipaz, da Universidade do Estado da Bahia, o projeto Promovendo o Direito dos Jovens da UNICEF, além de realizar ações de arte-educação para a UNESCO, e integrar a ONG Projeto Cidadão, no Cabula 1. No extenso currículo do artista constam passagens por Nova Iorque, em 2007, onde ficou por dois meses, realizando exposições e workshops em ONGS e universidades e por Angola, participando da II Trienal de Luanda em 2010, cidade que é referência cultural para ele. Já teve suas obras expostas em Tókio, na galeria Okioiei também em 2010, e em alguns dos mais importantes espaços culturais de Salvador, como Museu de Arte Moderna da Bahia, com a mostra Presente do Passado, o Museu Udo Knoff, com a mostra Agdás Urbanos, o Conjunto Cultural da Caixa com a mostra Denissena.GraffitiBahia. Realizou performances no Palacete das artes e Solar do Ferrão, além de muitas outras exposições individuais e coletivas. No desejo de explorar outras linguagens, ilustrou o livro Histórias de Negro, do renomado historiador baiano Ubiratan Castro, trabalho realizado em 2010 e que lhe trouxe muita satisfação. E não para por aí, em 2011 realizou a exposição coletiva Sinais Urbanos, onde criou no Conjunto Cultural dos Correios uma sequência de obras em parceria com ex- educandos que tiveram suas vidas alteradas pela ação transformadora da arte. Na sua incansável necessidade de viver do seu trabalho Denissena já atuou para importantes marcas brasileiras e internacionais, como Adidas, All Star Converse, Iguana, Coletivo Coca-cola e, Volunteer. Além disso, realizou produções artísticas em Shoppings de Salvador. Este espírito empreendedor o move em busca de suas realizações, seguindo o caminho reto, sem abandonar a poesia do fazer artístico e as suas heranças culturais.

Outros produtos na loja

Sem Produtos Inseridos.